Ingredientes do mês de Agosto – Aveia, Noz Pecan e Banana
3 de setembro de 2014
O que vem na caixa: Outubro
13 de outubro de 2014
Exibir tudo

Abelhas em extinção?

Cientistas de todo o mundo estão preocupados com a menor reprodução de abelhas. Saiba a importância desta produtora de mel para o ecossistema e a vivência humana.

130422-Abelhas

Pesquisadores de todo mundo preocupam­-se com o sumiço repentino das abelhas há aproximadamente 6 anos. O brasileiro e engenheiro de desenvolvimento científico da Austrália, Paulo de Souza, prossegue na luta diária para descobrir o porquê do desaparecimento das abelhas, além da morte prematura. A abelha é um inseto de extrema importância para o mundo ecológico e também para a alimentação humana.

Relembrando as aulas de biologia a abelha é responsável por levar pólen de uma planta para outra. Assim contribui para fecundação das flores que passam a gerar frutos e sementes. Cientistas e pesquisadores afirmam que a preocupação é significante e se não há abelhas não teremos comidas, frutas e hortaliças estão também inclusos, já que a abelha é responsável pela reprodução de 73% dos vegetais do mundo.

Possíveis problemas

Através de testes foi descoberto que um possível agravante da situação pode ser o pesticida que causou a morte de 35% das abelhas que viviam em cativeiros dos Estados Unidos e Europa. Quando notou o crescente desaparecimento das abelhas, cientistas estimaram que se a situação prosseguir até 2035 o animal entrará em extinção. Além do pesticida, existem outros fatores que também são levados em conta pelos pesquisadores, como as mudanças climáticas, infestações de espécie de pulgas, radiação transmitida por telefones e celulares e a plantação de alimentos geneticamente modificados.

Cientistas explicam que as abelhas são muito sensíveis às mudanças e possuem hábitos extremamente regulares. Apontam que ao observar a rotina das abelhas, quando uma “funcionária” demora para retornar para a colméia já sabem que existe algo de errado.

No Brasil

Os efeitos do sumiço das abelhas e as possíveis devastações na colheita de alimentos atingem principalmente países do hemisfério Norte. Contudo, há suspeitas de que esta devastação chegou até o Brasil, principalmente na cidade de Santa Catarina, onde notou­-se uma crescente taxa de mortalidade de abelhas em 2011, quando mais de um terço das colméias morreram em apenas 6 meses.

Dificuldades enfrentadas pela possível crise das abelhas:

∙ 52% dos alimentos como alface, banana e maçã irão desaparecer das prateleiras de supermercados e feiras;

∙ Nos últimos 6 anos os Estados Unidos notou o desaparecimento de 30% das abelhas produzidas em cativeiro;

∙ A redução do número de abelhas aumentou em 30% o valor das amêndoas no mundo;

∙ Estados Brasileiros que já apontam redução de abelhas: Piauí, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Autor: www.saredrogarias.com.br

Fonte: Revista Galileu

Para saber mais sobre o assunto assista o Documentário More Than Honey

Fabio Aubin
Fabio Aubin
Olá, sou um dos fundadores da Made in Natural. Nosso objetivo é ajudar cada vez mais pessoas a se alimentarem com qualidade entre as refeições. Se precisar de algo só me dar um alô :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.